Calema – Te Amo: il video e testo del nuovo singolo kizomba

É uscito lo scorso 2 febbraio il videoclip di “Te amo“, ultimo successo dei Calema. Realizzato per KlassziK il brano si conferma qualitativamente al livello dei precedenti successi di questo duo. Il beat costante che sa di tribal da una grande energia a questa kizomba che risulta subito coinvolgente al primo ascolto. Grande il successo raccolto al momento con oltre 3 milioni di visualizzazioni e la certezza che resterà anche in primavera una hit molto ballata nei locali kizomberi e festival.

Andiamo a vedere di seguito il testo del brano che parla di partenza e del bisogno di sentirsi ancora amati: “Ho bisogno di sentire, sentire che mi vuoi, sentir che mi vuoi ancora”. Il ritornello è una vera e propria implorazione: “Non so nemmeno più come stai. Tutto è finito, nostalgia di casa, nostalgia di casa, nostalgia di casa. Dove sei ho bisogno di ascoltarti ovunque tu vada”.

Entrato nella top10 di febbraio kizomba conserva la buona tradizione per le classifiche dei brani Calema. Altri super hit sono “Vai“, “Tempo” tanto per citarne un paio.

calema te amo

TESTO TE AMO – CALEMA

Falhei contigo, eu assumo
Tu foste embora, eu entendo
Mas ficou tanto amor
Estou meio sem planos
preciso ouvir, ouvir que me queres
Sentir que ainda me queres
Que não foi desta que acabou
Todos falam de ti de como eu fui um bobo
Te perdi por tão pouco

Refrão:
Já nem sei mais, como tu estás
Tudo se foi, saudade, saudade, saudade bô,
Onde tu estás? Preciso te ouvir pra onde tu fores
Nga lêlê, Nga lêlê, Nga lêlê bô

Estou com receio que me falem que tens outro
Tu sabes que não vou aguentar se souber
Que mais alguém se colou a ti
Tu sabes que eu te amo
Não há espaço pra mais ninguém,
Eu não agi certo não agi, mas preciso de ti

Preciso ouvir, ouvir que me queres
Sentir que ainda me queres
Que não é desta que acabou
Todos falam de ti, de como eu fui um bobo
Que te perdi por tão pouco

Refrão:
Já nem sei mais, como tu estás
Tudo se foi, saudade, saudade, saudade bô,
Onde tu estás? Preciso te ouvir pra onde tu fores
Nga lêlê, Nga lêlê, Nga lêlê bô

Fidju femia
Sin ká odjau aós
Falam kuma kum podi odjau
Saudade na matam na matam dimas
Olha bem no meu olho
E diz que já não me queres mais
Que tu não tens saudades de me namorar

É Pedir demais
Que me ouças de novo
Que me abraces de novo
Só mais uma vez

É tão chato ouvir
De como fui um bobo
Que te perdi por tão pouco

Refrão
Já nem sei mais, como tu estás
Tudo se foi, saudade, saudade, saudade bô,
Onde tu estás? Preciso te ouvir pra onde tu fores
Nga lêlê, Nga lêlê, Nga lêlê bô

Malê
Eu Estou tão Malê
Não vou aguentar não
Volta só para mim

Malê
Eu estou tão Malê
Eu quero estar com o teu perdão
Volta só para mim