Do Teu Jeito, l’amore incerto nel brano kizomba di Josslyn

Il 25 giugno Josslyn ha pubblicato il brano “Do Teu Jeito“, una produzione WonderBoyz. Molto apprezzato anche il video a cura della Digital Motions. “A volte mi chiedo se sei confuso o un’illusione. Volevo davvero sapere come ami. Non lo so nemmeno più, se insisto o mi arrendo” si domanda la protagonista. Ricordiamo questa cantante in “Não deixa morrer” e più di recente in “Nha Mundo” dove era in compagnia di Edgar Domingos.

Do Teu Jeito, Josslyn

TESTO DO TEU JEITO – JOSSLYN

Um lugar confuso, meio escuro e sem direção
Coisas duras por dentro e nem entendo, faço como então
Por vezes me pergunto
Se estás confuso ou é ilusão
Queria tanto saber de que jeito tu amas
Já nem sei, se insisto ou desisto então
Se espero, supero ou não
Por um lado é indecisão
E do outro é confusão
Por cima dessa paixão
Ama-me do teu jeito
De qualquer jeito
Mas não me deixa ir
Nosso amor não tem um fim
Ama-me do teu jeito
De qualquer jeito
Mas não me deixa ir
Nosso amor não tem um fim
Não quero viver
Um amor que virou passado
Passado que foi tão presente
Sorrir sem medo
Não quero sentir
Tua presença no vento
Não quero que contes o tempo
Que se calhar não vai voltar
Já nem sei, se insisto ou desisto então
Se espero, supero ou não
Por um lado é indecisão
E do outro é confusão
Por cima dessa paixão
Ama-me do teu jeito
De qualquer jeito
Mas não me deixa ir
Nosso amor não tem um fim
Ama-me do teu jeito
De qualquer jeito
Mas não me deixa ir
Nosso amor não tem um fim

TRADUZIONE DO TEU JEITO – JOSSLYN

Un luogo confuso, mezzo buio e senza direzione
Cose difficili dentro e non capisco nemmeno, faccio come allora
A volte mi chiedo
Se sei confuso o un’illusione
Volevo davvero sapere come ami
Non lo so nemmeno più, se insisto o mi arrendo
Se spero, vinci o no
Da un lato è l’indecisione
E dall’altra è confusione
Oltre quella passione
Amami a modo tuo
Comunque
Ma non lasciarmi andare
Il nostro amore non ha fine
Amami a modo tuo
Comunque
Ma non lasciarmi andare
Il nostro amore non ha fine
Non voglio vivere
Un amore che è passato
Il passato era così presente
Sorridi senza paura
Non voglio sentire
La tua presenza nel vento
Non voglio che tu conti il ​​tempo
Forse non tornerà
Non lo so nemmeno più, se insisto o mi arrendo
Se spero, vinci o no
Da un lato è l’indecisione
E dall’altra è la confusione
Oltre quella passione
Amami a modo tuo
Comunque
Ma non lasciarmi andare
Il nostro amore non ha fine
Amami a modo tuo
Comunque
Ma non lasciarmi andare
Il nostro amore non ha fine